Nossa Presidente:

RecessãoTotal

 

Começamos nossa manifestação quase sem palavras que já não tenham sido expressadas por aí, pelo povo, pela imprensa e por todos quantos estão marcados e sofridos por tanta falta de consideração.

Hoje ouvi precisamente sobre a falta de dinheiro para a Saúde no próximo ano de 2016. Quanta preocupação para 2016 quando o caos está formado já hoje em 2015 e nada funciona bem, a saúde totalmente em baixa incluindo outros setores administrativos de nosso desgoverno.

O governo teria que ser para o povo, mas enquanto isso, o que somente se vê e ouve são articulações de governo. Quem assume os erros, quem assume o governo, e a eleição futura? A TV já nos embala com as prévias eleitorais e exposição de partidos, enfim, como se nada estivesse acontecendo, a vida continua.

O que podemos reparar com certeza é que apesar de todos os problemas, o bolso do povo fica cada vez pior. Os produtos do supermercado estão exageradamente encarecidos, as possibilidades de alimentos à mesa ficando cada vez menor e o desemprego assolando as famílias. Em virtude disso e de tantas outras safadezas os arrastões, roubos, furtos e malvadezas se acentuam trazendo em conjunto a insegurança e violência absurdas em que estamos vivendo.

Assim sendo meus amigos, a não ser pelas belezas que o nosso Deus nos deixou, pouco de maravilhoso e melhor temos a falar. Nesta terra de belezas imensuráveis e fartura temos falta de tudo. Falta de governo, de comida, de segurança e de família. Tudo tem seu jeitinho brasileiro, tudo se conforma pelo desespero e pela fé de que amanhã tudo possa melhorar.

 

Dalcy Bastos Motta